quinta-feira, 25 de junho de 2009

ALFABETIZAR É TODO DIA

EXPECTATIVAS DE COMPETÊNCIAS A SEREM DESENVOLVIDAS PARA O 1º ANO

COMUNICAÇÃO ORAL
• FAZER INTERCÂMBIO ORAL, OUVINDO COM ATENÇÃO E FORMULANDO PERGUNTAS.
• MOSTRAR INTERESSE POR OUVIR E EXPRESSAR SENTIMENTOS, EXPERIÊNCIAS, IDEIAS E OPINIÕES.
• RECONTAR HISTÓRIAS DE REPETIÇÃO E/OU ACUMULATIVAS COM BASE EM NARRAÇÕES OU LIVROS.
• CONHECER E RECONTAR UM REPERTÓRIO VARIADO DE TEXTOS LITERÁRIOS, PRESERVANDO OS ELEMENTOS DA LINGUAGEM ESCRITA.

LEITURA
• OUVIR COM ATENÇÃO TEXTOS LIDOS.
• REFLETIR SOBRE O SISTEMA ALFABÉTICO COM BASE NA LEITURA DE NOMES PRÓPRIOS, RÓTULOS DE PRODUTOS E OUTROS MATERIAIS - LISTAS, CALENDÁRIOS, CANTIGAS E TÍTULOS DE HISTÓRIAS, POR EXEMPLO -, SENDO CAPAZ DE SE GUIAR PELO CONTEXTO, ANTECIPAR E VERIFICAR O QUE ESTÁ ESCRITO.
• LER TEXTOS CONHECIDOS DE MEMÓRIA, COMO PARLENDAS, ADIVINHAS, QUADRINHAS E CANÇÕES, DE MANEIRA A DESCOBRIR O QUE ESTÁ ESCRITO EM DIFERENTES TRECHOS DO TEXTO, FAZENDO O AJUSTE DO FALADO AO QUE ESTÁ ESCRITO E O USO DO CONHECIMENTO QUE POSSUEM SOBRE O SISTEMA DE ESCRITA.
• BUSCAR E CONSIDERAR INDÍCIOS NO TEXTO QUE PERMITAM VERIFICAR AS ANTECIPAÇÕES REALIZADAS PARA CONFIRMAR, CORRIGIR, AJUSTAR OU ESCOLHER ENTRE VÁRIAS POSSIBILIDADES.
• CONFRONTAR IDEIAS, OPINIÕES E INTERPRETAÇÕES, COMENTANDO E RECOMENDANDO LEITURAS, ENTRE OUTRAS POSSIBILIDADES.
• RELACIONAR TEXTO E IMAGEM AO ANTECIPAR SENTIDOS NA LEITURA DE QUADRINHOS, TIRINHAS E REVISTAS DE HERÓIS.
• INFERIR O CONTEÚDO DE UM TEXTO ANTES DE FAZER A LEITURA COM BASE EM TÍTULO, IMAGENS, DIAGRAMAÇÃO E INFORMAÇÕES CONTIDAS NA CAPA, CONTRACAPA OU ÍNDICE (NO CASO DE LIVROS E REVISTAS).

ESCRITA E PRODUÇÃO TEXTUAL
• CONHECER AS REPRESENTAÇÕES DAS LETRAS MAIÚSCULAS DO ALFABETO DE IMPRENSA E A ORDEM ALFABÉTICA.
• ESCREVER O PRÓPRIO NOME E UTILIZÁ-LO COMO REFERÊNCIA PARA A ESCRITA.
• PRODUZIR TEXTO DE MEMÓRIA DE ACORDO COM SUA HIPÓTESE DE ESCRITA.
• ESCREVER USANDO A HIPÓTESE SILÁBICA, COM OU SEM VALOR SONORO CONVENCIONAL.
• REESCREVER HISTÓRIAS CONHECIDAS - DITANDO PARA O PROFESSOR OU PARA OS COLEGAS E, QUANDO POSSÍVEL, DE PRÓPRIO PUNHO -, CONSIDERANDO AS IDEIAS PRINCIPAIS DO TEXTO-FONTE E ALGUMAS CARACTERÍSTICAS DA LINGUAGEM ESCRITA.
• PRODUZIR ESCRITOS DE AUTORIA (BILHETES, CARTAS, INSTRUCIONAIS).

BASEADAS NAS EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM EM LÍNGUA PORTUGUESA DA REDE MUNICIPAL DE SÃO PAULO
É FUNDAMENTAL LEVAR PARA A ESCOLA AS MUITAS FONTES DE TEXTO QUE NOS CERCAM NO COTIDIANO, COMO LIVROS, REVISTAS, JORNAIS, GIBIS, ENCICLOPÉDIAS ETC. VARIEDADE É REALMENTE FUNDAMENTAL PARA OS ALFABETIZADORES, QUE DEVEM AINDA ABORDAR TODOS OS GÊNEROS DE ESCRITA (TEXTOS INFORMATIVOS, LISTAS, CONTOS E MUITO MAIS). E, NAS ATIVIDADES DE PRODUÇÃO DE TEXTO, A INTERVENÇÃO DO PROFESSOR É VITAL PARA NEGOCIAR A PASSAGEM DA LINGUAGEM ORAL, MAIS INFORMAL, À LINGUAGEM ESCRITA.
O NÚMERO MAIS RECENTE DO INDICADOR DE ALFABETISMO FUNCIONAL (INAF), DE 2007, MOSTRA QUE SÓ 28% DA POPULAÇÃO BRASILEIRA ESTÁ NA CONDIÇÃO DE ALFABETIZADOS PLENOS. PARA IMPEDIR QUE MAIS PESSOAS FIQUEM RESTRITAS A COMPREENDER APENAS ENUNCIADOS SIMPLES, O DESEMPENHO ESCOLAR NOS ANOS INICIAIS PRECISA DE RESULTADOS MELHORES. ESSA PREOCUPAÇÃO DEVE SER COMPARTILHADA POR PROFESSORES E ÓRGÃOS PÚBLICOS. “O GOVERNO ESTÁ FAZENDO UMA INTERVENÇÃO ESPECÍFICA NAS SÉRIES INICIAIS PARA TER RESULTADOS RAPIDAMENTE, COM DOIS DOCENTES POR SALA, MATERIAL DIDÁTICO DE APOIO, FORMAÇÃO CONTINUADA E AVALIAÇÃO BIMESTRAL”, AFIRMA MARIA HELENA GUIMARÃES DE CASTRO, SECRETÁRIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DE SÃO PAULO.
EXPECTATIVAS DE COMPETÊNCIAS A SEREM DESENVOLVIDAS PARA O 2º ANO

COMUNICAÇÃO ORAL
• PARTICIPAR DE SITUAÇÕES DE INTERCÂMBIO ORAL, OUVINDO COM ATENÇÃO E FORMULANDO PERGUNTAS SOBRE O TEMA TRATADO.
• OUVIR COM ATENÇÃO CRESCENTE A OPINIÃO DOS COLEGAS, EXPRESSAR SUAS IDEIAS, RELACIONÁ-LAS AO TEMA E FAZER PERGUNTAS SOBRE OS ASSUNTOS ABORDADOS.
• APRENDER A RESPEITAR MODOS DE FALAR DIFERENTES DO SEU.
• RECONTAR HISTÓRIAS CONHECIDAS, RECUPERANDO CARACTERÍSTICAS DA LINGUAGEM DO TEXTO ORIGINAL.
• APRENDER A FALAR DE MANEIRA MAIS FORMAL E, ASSIM, SE PREPARAR PARA SE COMUNICAR EM SITUAÇÕES COMO ENTREVISTAS, SARAUS, RECITAIS, CANTORIAS E SEMINÁRIOS, ENTRE OUTRAS.

LEITURA
• APRECIAR TEXTOS LITERÁRIOS.
• COMPREENDER A NATUREZA DO SISTEMA DE ESCRITA E LER POR SI MESMO TEXTOS CONHECIDOS.
• COM A AJUDA DO PROFESSOR, LER DIFERENTES GÊNEROS (LITERÁRIOS, INSTRUCIONAIS, DE DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA, NOTÍCIAS), APOIANDO-SE EM CONHECIMENTOS SOBRE TEMA, CARACTERÍSTICAS DO PORTADOR, GÊNERO E SISTEMA DE ESCRITA.
• LER, POR SI MESMO, TEXTOS CONHECIDOS, COMO PARLENDAS, ADIVINHAS, POEMAS, CANÇÕES E TRAVA-LÍNGUAS, ALÉM DE PLACAS DE IDENTIFICAÇÃO, LISTAS, MANCHETES DE JORNAL, LEGENDAS, QUADRINHOS E RÓTULOS.
• COLOCAR EM AÇÃO DIFERENTES MODALIDADES DE LEITURA EM FUNÇÃO DO TEXTO E DOS PROPÓSITOS DA LEITURA (LER PARA BUSCAR UMA INFORMAÇÃO, PARA SE ENTRETER, PARA COMPREENDER ETC.).
• COORDENAR A INFORMAÇÃO PRESENTE NO TEXTO COM AS INFORMAÇÕES ORIUNDAS DAS IMAGENS QUE O ILUSTRAM (POR EXEMPLO, NOS CONTOS, NAS HISTÓRIAS EM QUADRINHOS, EM CARTAZES, EM TEXTOS ESPORTIVOS E NAS NOTÍCIAS DE JORNAL).
• AMPLIAR SUAS COMPETÊNCIAS LEITORAS: LER RAPIDAMENTE TÍTULOS E SUBTÍTULOS ATÉ ENCONTRAR UMA INFORMAÇÃO, SELECIONAR UMA INFORMAÇÃO PRECISA, LER MINUCIOSAMENTE PARA EXECUTAR UMA TAREFA, RELER UM TRECHO PARA RETOMAR UMA INFORMAÇÃO OU APRECIAR AQUILO QUE ESTÁ ESCRITO.
• ANALISAR TEXTOS IMPRESSOS UTILIZADOS COMO REFERÊNCIA OU MODELO PARA CONHECER E APRECIAR A LINGUAGEM USADA AO ESCREVER (COMO OS AUTORES DESCREVEM UM PERSONAGEM, COMO RESOLVEM OS DIÁLOGOS, EVITAM REPETIÇÕES, FAZEM USO DA LETRA MAIÚSCULA, DA PONTUAÇÃO).

ESCRITA E PRODUÇÃO TEXTUAL
• ESCREVER ALFABETICAMENTE, AINDA QUE COM ERROS ORTOGRÁFICOS (AUSÊNCIA DE MARCAS DE NASALIZAÇÃO, HIPO E HIPERSEGMENTAÇÃO, ENTRE OUTROS).
• REESCREVER HISTÓRIAS CONHECIDAS, DITANDO-AS OU DE PRÓPRIO PUNHO.
• PRODUZIR TEXTOS SIMPLES DE AUTORIA.
• REVISAR TEXTOS COLETIVAMENTE, COM AJUDA DO PROFESSOR E DOS COLEGAS, PARA MELHORÁ-LOS E, ASSIM, COMPREENDER A REVISÃO COMO PARTE DO PROCESSO DE PRODUÇÃO.
• APRENDER A SE PREOCUPAR COM A QUALIDADE DE SUAS PRODUÇÕES ESCRITAS, NO QUE SE REFERE TANTO AOS ASPECTOS TEXTUAIS COMO À APRESENTAÇÃO GRÁFICA.

BASEADAS NAS EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM EM LÍNGUA PORTUGUESA DA REDE MUNICIPAL DE SÃO PAULO
http://revistaescola.abril.com.br/lingua-portuguesa/alfabetizacao-inicial/alfabetizar-todo-dia-431196.shtml

Nenhum comentário:

Postar um comentário